Entrevista Com O Diretor Da Animação Lubinho, César Cav

08 Feb 2019 16:01
Tags

Back to list of posts

<h1>As Piadas Sem Gra&ccedil;a Da D&eacute;cada De 2018</h1>

<p>Acompanhei a carreira do Adilson Maguila na Televis&atilde;o. Nos corredores da Band cruzamos algumas vezes quando ele aparecia pra entrevistas no r&aacute;dio ou nos programas de esportes do canal. Em conclus&atilde;o quem o lan&ccedil;ara fora o Luciano do Vale, que comandava a equipe esportiva da emissora e Maguila era gratid&atilde;o. Eu achava engra&ccedil;ado no momento em que ele, ap&oacute;s uma vit&oacute;ria, nas entrevistas agradecia a todos e, principalmente, ao dono de um a&ccedil;ougue que colaborava com a carne para que ele ficasse cada dia mais robusto.</p>

<p>— Sou agradecido, dizia. Me ajudam e eu sou grato. Maguila era tosco, falava mal, mas tinha a franqueza de mostrar o que vinha a tua cabe&ccedil;a sem se importar se atropelava o portugu&ecirc;s, se colidia com a concord&acirc;ncia. Foram anos de encontros por&eacute;m nenhuma discuss&atilde;o. Jamais t&iacute;nhamos trocado express&otilde;es at&eacute; o dia em que ele e os 2 filhos do primeiro casamento foram atacados a tiros na rodovia dos Trabalhadores perto do aeroporto internacional de Guarulhos.</p>

<p>Foi em uma manh&atilde;. Maguila e os filhos estavam num carro se deslocando de Guarulhos pra capital no momento em que homens que estavam num outro carro come&ccedil;aram a atirar. A lataria do ve&iacute;culo do lutador foi atingida, Eles pararam no acostamento e um carro da pol&iacute;cia rodovi&aacute;ria pela outra pista colocou os homens que atiravam em fuga. O lutador e os filhos n&atilde;o souberam manifestar o porqu&ecirc; dos tiros.</p>

<ol>

<li>3 Polly para colorir</li>

<li>Folder: Exerc&iacute;cio Racional da &Aacute;gua/Sabesp (1)</li>

<li>4 - Block it</li>

<li>V&iacute;deo:Objetivos Globais da ONU: A maior li&ccedil;&atilde;o do mundo (1)</li>

</ol>

11_topos_paper_03.jpg

<p>N&atilde;o se sabia se fora uma tentativa de assalto ou vingan&ccedil;a contra um deles. Fui cobrir o caso para o jornal em que eu trabalhava. Quer Se Absorver &agrave; Crescente Comunidade Do Facebook? de pol&iacute;cia o lutador estava inconformado. — Covardes. Queria acompanhar se viessem no bra&ccedil;o! 3 Sugest&otilde;es Pra Criar Tema Em Videos Pra Garotas um dia pegar um deles n&atilde;o vai sobrar osso pra contar a hist&oacute;ria, prometia. Irritado, nervoso, suado, Maguila n&atilde;o dava conta do n&uacute;mero de entrevistas. Retrospectiva De Casamento: Cinco Ideias De que forma Fazer! /p&gt;
</p>
<p>Os jornalistas chegavam aos poucos e ele repetia que se os pegasse no bra&ccedil;o ia “encher de porrada” e mostrava a m&atilde;o fechada. Os filhos estavam aterrorizados. O delegado queria saber se houvera alguma conversa no tr&acirc;nsito, se uma pessoa tinha recebido alguma amea&ccedil;a de morte, se andavam paquerando mulher casada ou a namorada de um famoso.</p>

<p>Nada. Chegou uma etapa em que Maguila pediu para incorporar todos os jornalistas. Sete Dicas Para Desenhar Roupas . Gravadores e c&acirc;meras ligadas e ele soltou o vozeir&atilde;o. — Estou desafiando esses molengos pra uma disputa limpa comigo dentro de um ringue. Eram 4. Podem vir os quatro de uma vez.</p>

<p>Podem vir de pau, corrente, menos arma de fogo. Dez Dicas Para Decorar Teu Quarto Gastando Pouco . Irei doar &quot;mutcha&quot; porrada. E fa&ccedil;o charada da imprensa ver de perto. O que fizeram foi covardia. No bra&ccedil;o ningu&eacute;m vem. Maguila nunca teve resposta. O caso acabou arquivado pela pol&iacute;cia que registrara como poss&iacute;vel tentativa de homic&iacute;dio ou de roubo. N&atilde;o havia c&acirc;meras espalhadas pela estrada e ruas pr&oacute;ximas. Nem sequer todos tinham smartphone pra que motoristas de outros autom&oacute;veis gravassem.</p>

<p>O tempo correu. Um dia achei Maguila na porta da Record Tv. De terno e gravata, acompanhado da mulher, uma advogada, ensaiou at&eacute; um palavreado bem desigual daquele que est&aacute;vamos acostumados. Perguntei a respeito do caso dos ladr&otilde;es. Ele nem lembrou. Estava iniciando a esquecer as coisas, me argumentou a mulher. Um tempo depois soube que ele estava com Alzheimer. Ficou internado um bom tempo, mas o diagn&oacute;stico foi falso.</p>

<p>Jos&eacute; Adilson Rodrigues dos Santos nasceu em Aracaju em junho de 1958 recebeu o codinome de Maguila por semelhan&ccedil;a ao porte f&iacute;sico do personagem Magilla Gorilla, do desenho animado da Hanna-Barbera. Tornou-se o primeiro brasileiro campe&atilde;o mundial dos pesos-pesados em agosto de Animado Desenho: M&eacute;todo DE PRODU&Ccedil;&Atilde;O . Tinha trinta e sete anos. Derrotou por pontos o ingl&ecirc;s Johnny Nelson. O t&iacute;tulo era da Federa&ccedil;&atilde;o Mundial de Boxe (WBF). Acababou a carreira profissional em fevereiro de 2000, depois de derrota por nocaute pra Daniel Frank. Entre as suas derrotas mais interessantes est&aacute; a luta com George Foreman, em 1990. E um ano antes assim como fora derrotado pelo sendo assim aspirante ao t&iacute;tulo Evander Holyfield. Ganhou assim como batalhas expressivas contra James Smith, James Stillis e o argentino Daniel Falconi. Seus principais t&iacute;tulos: campe&atilde;o brasileiro, sul-americano, latino-americano, pentacampe&atilde;o continental, campe&atilde;o das Am&eacute;ricas e campe&atilde;o mundial na Federa&ccedil;&atilde;o Mundial de Boxe.</p>

Comments: 0

Add a New Comment

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-ShareAlike 3.0 License